Fonte: G1 Economia

O preço médio da gasolina nas bombas terminou a semana em queda pela 15ª vez seguida, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (1) pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP). O valor por litro passou para R$ 4,212 – o que representa uma queda de cerca de 0,8% em relação à semana anterior, ou R$ 0,03.

Preços dos combustíveis nos postos

Evolução do valor por litro, na média nacional

Fonte: ANP

O valor representa uma média calculada pela ANP com dados coletados em diversos postos. Os preços, então, podem variar de acordo com a região.

Na mesma semana, a Petrobras reduziu o valor da gasolina nas refinarias em R$ 0,03 (ou cerca de 2,29%), seguindo sua política de preços que ajuda os preços quase diariamente com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais. Os reajustes seguem variáveis como o câmbio e a cotação do petróleo no exterior.

O repasse ou não dos reajustes nas refinarias para o consumidor final depende dos postos.

Preço dos combustíveis nas refinarias em 2019

Em R$ por litro

Fonte: Petrobras

Diesel sobe

O preço médio do diesel nas bombas subiu nesta semana, ainda de acordo com dados da ANP. O valor médio por litro passou para R$ 3,447, uma alta de R$ 0,01 (ou cerca de 0,4%).

Da mesma forma que a gasolina, o preço é uma média calculada pela ANP, e pode variar de acordo com a região.

Na mesma semana, a Petrobras subiu o preço do diesel nas refinarias em R$ 0,02, ou cerca de 1%.

Já o preço do etanol terminou a semana em R$ 2,780 por litro, uma queda de R$ 0,01 na comparação à semana anterior, ou cerca de 0,6%. O valor do botijão de gás de cozinha caiu R$ 0,15 na semana, para R$ 69,14.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Petróleo Brent avança em dia de liquidez reduzida com feriado nos EUA

Os preços do petróleo continuaram sua trajetória ascendente nesta segunda-feira (15) e a referência global da commodity fechou o dia em alta, impulsionada pela expectativa dos investidores com a recuperação da demanda, à medida que a vacinação global contra a covid-19 continua.

Preços do petróleo fecham quase estáveis após 6 semanas de ganhos

Preços chegaram a cair mais de 1% no início da sessão, após a Opep afirmar que a demanda global pela commodity terá, em 2021, uma recuperação mais lenta do que se esperava anteriormente.

Retomada das atividades favorece vendas e margens das distribuidoras de combustíveis

A flexibilização do isolamento deve levar à recuperação de vendas e margens de lucro das distribuidoras de combustíveis.

Petróleo atinge novas máximas de 13 meses com queda das exportações da Líbia

Os preços do petróleo bruto atingiram novas máximas de 13 meses na terça-feira (9), com o governo dos EUA prevendo um retorno lento aos níveis pré-pandêmicos de produção para a indústria doméstica.