O preço médio da gasolina nas bombas recuou pela 17ª vez seguida, segundo levantamento semanal divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira (15).

O valor por litro caiu 0,6%, de R$ 4,197 para R$ 4,173. Com mais um recuo, o preço da gasolina atingiu o menor valor desde 6 de janeiro do ano passado (R$ 4,151).

A ANP também apurou uma leve queda no preço do diesel. O valor médio por litro recuou 0,1%, de R$ 3,444 para R$ 3,442. Já o preço por litro do etanol caiu 0,5% no período, de R$ 2,758 para R$ 2,744.

O valor representa uma média calculada pela ANP com dados coletados em diversos postos. Os preços, então, podem variar de acordo com a região.

Preços nas refinarias Nesta sexta-feira, a Petrobras elevou o preço médio da gasolina nas refinarias em 2,29%. Com isso, o valor do litro da gasolina passou de R$ 1,5232 para R$ 1,5581.

Já em relação ao diesel, a estatal manteve o preço médio do litro em R$ 2,0005. O preço da gasolina não sofre queda desde 2 de fevereiro, quando foi reduzido de R$ 1,4907 para R$ 1,4758.

No ano passado, o governo anunciou o fim do programa de subvenção do diesel instituído pela União, que havia sido criado pelo governo após a greve dos caminhoneiros, no fim de maio.

Uma das principais reivindicações da categoria era a redução no preço do combustível.

Fonte: G1 Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

MPF requer à Justiça que ANP permita aos postos adquirir etanol diretamente das usinas

O Ministério Público Federal (MPF) em Santa Catarina ajuizou ação civil pública…

Conselho da Petrobras aprova venda de restante na BR Distribuidora

Transação ocorrerá por meio de uma oferta pública secundária de ações

Petrobras anuncia aumento de 4% na gasolina e de 6% no diesel

Os novos valores dos combustíveis na refinaria passam a valer a partir de amanhã, 17 de julho. É o 22º reajuste da gasolina no ano e 10ª elevação. O diesel foi reajustado 16 vezes em 2020