Na apuração semanal, o maior recuo de preço foi observado no Amapá, de 2,86%. E a maior alta na semana foi registrada em Mato Grosso, de 6,90%

Foto: Reuters

Os preços médios do etanol hidratado caíram em 12 Estados e subiram em outros 14 e no Distrito Federal na semana entre 25 e 1º de maio, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 2,46% na semana ante a anterior, de R$ 3,814 para R$ 3,908 o litro.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a cotação média do hidratado ficou em R$ 3,694, alta de 2,98% ante a semana anterior.

O preço mínimo registrado nesta semana para o etanol em um posto foi de R$ 2,349 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio estadual, de R$ 3,249, também em São Paulo.

O preço máximo, de R$ 6,259 o litro, foi verificado em um posto do Rio Grande do Sul. O maior preço médio estadual também foi o do Rio Grande do Sul, de R$ 5,251.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no País caiu 3,91%. O Estado com maior queda no período foi Bahia, onde o litro recuou 12,74%.

Na apuração semanal, o maior recuo de preço foi observado no Amapá, de 2,86%. E a maior alta na semana foi registrada em Mato Grosso, de 6,90%.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços do petróleo disparam com retomada nos EUA, Europa e China; IEA alerta para risco de novos surtos

Petróleo em forte alta nesta segunda (18), com valorização do WTI nos EUA de 8,70%, atingindo US$ 31,99 e o Brent negociado em Londres atingindo US$ 34,50, avanço de 6,15%.

Distribuidoras aliviam estoques e represam preços do etanol, contra alta da usina na semana

Mesmo com o preço médio semanal do litro do etanol hidratado marcando mais 7,27% nas indústrias, as distribuidoras de combustíveis fecharam a sexta (5) cortando 0,60% na venda aos postos. Foi o segundo dia seguido de recuo, como antecipou Money Times, na quinta.

Petrobras reduz diesel na refinaria em 7% a partir de sexta; gasolina cairá 5%

A Petrobras (SA:PETR4) reduzirá os preços médios do diesel em suas refinarias…

Nova variante do coronavírus afeta perspectiva para petróleo em 2021

Os preços do petróleo não devem apresentar grande recuperação em 2021, já…