Preços da gasolina e etanol sobem nos postos na semana, diz ANP; diesel recua Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil

SÃO PAULO (Reuters) – Os preços médios da gasolina e do etanol nos postos de combustíveis do Brasil subiram ao longo da semana, enquanto o valor médio do diesel registrou queda, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira.

O preço da gasolina comum nas bombas apurou em média alta de 0,55% em relação à semana anterior, a 4,368 reais por litro, de acordo com a reguladora.

Já o diesel, combustível mais utilizado do Brasil, recuou 0,43% no período, com o litro custando em média 3,457 reais.

Nesta semana, a Petrobras elevou o preço da gasolina em suas refinarias em 6%, enquanto o diesel teve alta de 5%, no primeiro reajuste de novembro –que ocorreu após dois cortes consecutivos no preço da gasolina e um no do diesel no mês passado.

O repasse dos reajustes aos consumidores finais nos postos, no entanto, depende de uma série de fatores, incluindo margem de distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro.

Concorrente da gasolina nas bombas, o etanol avançou 0,66% na comparação semanal, alcançando valor médio de 3,071 reais por litro, segundo a ANP.

A agência reguladora retomou recentemente a divulgação de seu levantamento semanal de preços de combustíveis, que havia sido paralisado em agosto para alteração no formato da pesquisa, após encerramento de contrato com a empresa que realizava o trabalho anteriormente.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preço médio do etanol cai na semana em 21 estados e no DF, diz ANP

Os preços médios do etanol hidratado caíram em 21 Estados e no Distrito Federal (DF) na semana encerrada no sábado, 16, ante o período anterior

Petrobras deve vender fatia restante na BR Distribuidora no 2° semestre

Empresa foi privatizada no ano passado por meio de uma oferta de ações; agora, Petrobras quer vender o máximo que conseguir da participação de 37,5%

Ultrapar considera eventual sócio estratégico para refinarias da Petrobras

A Ultrapar tem interesse em atrair um sócio estratégico para apresentar propostas…

Negócios com CBios estão travados em volume e nos R$ 30 cada título

As metas de negociações com os Créditos de Descarbonização (CBios) ainda estão…