Os preços do etanol e do óleo diesel subiram acima da inflação nos últimos 12 meses, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A alta média do etanol foi de 9,85% e a do diesel, de 5,85% no período entre dezembro de 2018 e dezembro de 2019.

No mesmo período, a inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a ´inflação oficial´ do país, ficou em 4,31%.

Veja as variações do IPCA para o setor automotivo:

Etanol: 9,85%
Óleo diesel: 5,85%
Gasolina: 4,03%
Motocicleta: 3,54
Despachante: 3,53%
Óleo lubrificante: 3,53%
Conserto de automóvel: 1,83%
Automóvel usado: – 0,25%
Automóvel novo: – 0,29%

Outro termômetro para o preço das bombas é o levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Divulgado no dia 30 de dezembro de 2019, revelou que a gasolina ficou em média 4,85% mais cara nas bombas em 2019.

De acordo com o levantamento, o preço médio do litro do combustível subiu de R$ 4,34 no fim de 2018 para R$ 4,55 no fim deste ano.

O etanol foi o combustível que sofreu o maior reajuste no ano, de 11,51%. O preço médio do litro vendido ao consumidor saltou de R$ 2,83 para R$ 3,15. Na semana, o preço subiu 0,19%.

Já o litro do óleo diesel teve alta de 8,69% no ano, passando de uma média de R$ 3,451 para R$ 3,751. O aumento na última semana foi de 0,24%.

Os preços constituem uma média caculada pela ANP a partir de dados coletados em postos em diversas cidades pelo país. Os preços, portanto, variam de acordo com a região.

Fonte: Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços da gasolina e do diesel recuam nos postos nesta semana, diz ANP

Valor médio do litro da gasolina para o consumidor recuou 0,35%, a R$ 4,515. Já o preço do diesel teve queda de 1,17%no período, para R$ 3,618.

BR Distribuidora e Raízen cancelam compras de etanol e podem abrir disputa com usinas

As principais distribuidoras de combustíveis do Brasil, a BR Distribuidora e a Raízen, começaram a cancelar contratos de compra de etanol junto às usinas de cana-de-açúcar.

Com recuperação no consumo, preços do etanol devem seguir subindo

O dia foi de preços entre estáveis a mais altos para o etanol em São Paulo. Em Ribeirão Preto, o hidratado seguiu em R$ 2,06 o litro.

Petrobras confirma redução do preço do diesel em 10% a partir de segunda

Inicialmente, a informação havia partido da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom)