Preços do petróleo recuam após relatório de empregos dos EUA dar “choque de realidade”

Ambos os contratos das marcas de referência permaneceram próximos da estabilidade na semana, com petróleo dos EUA em alta de 0,80 dólar

Os preços do petróleo recuaram nesta sexta-feira, após relatório de emprego dos Estados Unidos mais fraco que o esperado indicando recuperação econômica irregular, o que poderia significar uma demanda mais lenta de combustível durante o retorno da pandemia.

As perdas foram limitadas por preocupações de que a oferta dos EUA iria permanecer restrita após o Furacão Ida, que cortou a produção do Golfo do México nos EUA.

Os contratos futuros do Brent fecharam em queda de 0,42 dólar, ou 0,58%, a 72,61 dólares o barril. Os futuros do petróleo dos EUA (WTI) recuaram 0,70 dólar, ou 1%, a 69,29 dólares.

Ambos os contratos das marcas de referência permaneceram próximos da estabilidade na semana, com petróleo dos EUA em alta de 0,80 dólar.

“Os preços caíram com o relatório de empregos, o que foi claramente impactado pela variante Delta”, disse John Kilduff, sócio da Again Capital em Nova York. “Este foi um choque de realidade de que o coronavírus ainda está impactando a demanda”, acrescentou.

As folhas de pagamento não agrícolas não cumpriram as expectativas, com um aumento de 235 mil empregos em meio a uma redução na demanda por serviços e a persistente escassez de trabalhadores com o aumento das infecções por Covid-19.

Economistas ouvidos pela Reuters previram que a folha de pagamento não agrícola aumentaria em 728 mil empregos.

Enquanto isso, a produção de petróleo e gás no Golfo do México nos Estados Unidos permaneceu em grande parte interrompida após o Furacão Ida, com 1,7 milhão de barris, ou 93%, da produção diária de petróleo suspendida, de acordo com o regulador marítimo Bureau of Safety and Environmental Enforcement.

Petróleo fecha em alta com foco em restrição de oferta, apesar de dólar forte

O petróleo fechou em alta nesta terça-feira, 26, com o foco dos investidores voltado para a crise energética que tem elevado o preço do barril recentemente. A demanda pela commodity aumentou com a reabertura econômica e também devido à escassez de gás natural no mercado. No entanto, a oferta não tem sido capaz de compensar a maior procura.

Caminhoneiros protestam em rodovia no Pará contra reajustes do diesel

Caminhoneiros bloquearam parcialmente a rodovia BR-316, na região metropolitana de Belém, na manhã desta terça-feira (26). Dentre as reivindicações dos manifestantes, está a política de preços do óleo diesel no país.

Gestores de dinheiro estão jogando seu peso por trás da alta do preço do petróleo

A perspectiva de o petróleo Brent chegar a US $ 90 por barril está se tornando cada vez mais realista, e o West Texas Intermediate ontem atingiu o nível mais alto desde 2014. Isso está alimentando um forte sentimento de alta no mercado de petróleo.