Preços do petróleo recuam com avanço do retorno de oferta dos EUA atingida por furação

O petróleo nos EUA (WTI) recuou 0,64 dólar para fechar em 71,97 dólares o barril

Os preços do petróleo caíram nesta sexta-feira, com as empresas de energia do Golfo nos EUA reiniciando a produção após consecutivos furacões na região paralisarem produção.

Os contratos futuros do Brent recuaram 0,33 dólar para fechar em 75,34 dólares o barril.

O petróleo nos EUA (WTI) recuou 0,64 dólar para fechar em 71,97 dólares o barril.

Na semana, o Brent avançou 3,3% e o petróleo dos EUA subiu 3,2%, apoiado por oferta escassa devido às interrupções pelo furacão.

A queda desta sexta-feira ocorreu após cinco sessões consecutivas de altas para o Brent.

Na quarta-feira, o Brent atingiu sua máxima desde o final de julho, e o petróleo dos EUA atingiu sua máxima desde o início de agosto.

“As razões pelas quais os preços do petróleo atingiram tais picos nos últimos dias foram claramente interrupções no fornecimento e reduções nos estoques, então agora que a produção de petróleo dos EUA está voltando, o petróleo caiu conforme o esperado pelos traders”, disse Nishant Bhushan, analista de mercados de petróleo da Rystad Energy.

As exportações de petróleo da Costa do Golfo estão fluindo novamente depois que os furacões Nicholas e Ida tiraram 26 milhões de barris da produção marítima.

As reinicializações continuaram com cerca de 28% da produção de petróleo do Golfo do México paralisada, informou a Reuters na quinta-feira.

As empresas de energia dos EUA adicionaram esta semana sondas de perfuração de petróleo e gás natural pela segunda semana consecutiva, embora o número de unidades no mar do Golfo do México tenha permanecido inalterado depois que o furacão Ida atingiu a costa há duas semanas.

Quatorze sondas marítimas no mar do Golfo do México foram paradas há duas semanas devido ao Ida, disse a empresa de serviços de energia, Baker Hughes Co. Na semana passada, quatro sondas marítimas voltaram ao serviço.

Petróleo fecha em alta com foco em restrição de oferta, apesar de dólar forte

O petróleo fechou em alta nesta terça-feira, 26, com o foco dos investidores voltado para a crise energética que tem elevado o preço do barril recentemente. A demanda pela commodity aumentou com a reabertura econômica e também devido à escassez de gás natural no mercado. No entanto, a oferta não tem sido capaz de compensar a maior procura.

Caminhoneiros protestam em rodovia no Pará contra reajustes do diesel

Caminhoneiros bloquearam parcialmente a rodovia BR-316, na região metropolitana de Belém, na manhã desta terça-feira (26). Dentre as reivindicações dos manifestantes, está a política de preços do óleo diesel no país.

Gestores de dinheiro estão jogando seu peso por trás da alta do preço do petróleo

A perspectiva de o petróleo Brent chegar a US $ 90 por barril está se tornando cada vez mais realista, e o West Texas Intermediate ontem atingiu o nível mais alto desde 2014. Isso está alimentando um forte sentimento de alta no mercado de petróleo.