© Reuters. Bombeamento de petróleo em Midland, Texas (EUA)

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo subiram mais de 2% nesta quarta-feira, impulsionados pelas quedas nos estoques da commodity, de gasolina e de produtos refinados nos Estados Unidos, que aumentaram as esperanças de investidores na retomada da demanda por combustíveis.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em alta de 1,12 dólar, ou 2,2%, a 51,20 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) subiu 1,1 dólar, ou 2,3%, para 48,12 dólares o barril.

Os estoques de petróleo dos EUA registraram queda de 562 mil barris na semana até 18 de dezembro, atingindo 499,5 milhões de barris, disse a Administração de Informação sobre Energia (AIE) nesta quarta-feira.

Já as reservas de gasolina do país tiveram um surpreendente recuo de 1,1 milhão de barris na semana, para 237,8 milhões de barris, indicou a AIE, enquanto os estoques de produtos refinados cederam em 2,3 milhões de barris, mais do que o esperado, alcançando 148,9 milhões de barris.

“Vimos uma recuperação modesta na demanda por refinados e gasolina, uma indicação do período de festas”, disse Andrew Lipow, presidente da Lipow Oil Associates em Houston. “Esses números de demanda, combinados com as quedas nos estoques de gasolina e refinados, ajudaram a dar suporte ao mercado”, acrescentou.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços do petróleo caem enquanto foco retorna às preocupações com a demanda

Investing.com – Os preços do petróleo caíam na segunda-feira (7), com o…

Resumo Semanal Combustíveis 16/Out/2020

Confira as principais informações e tendências da semana sobre o mercado de combustíveis no Brasil.

Produtores de biodiesel atribuem racionamento de diesel a distribuidoras

A Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio) esclareceu que as…