© Reuters.

Os preços do petróleo subiam nesta terça-feira, após fortes dados sobre importações da China, embora os mercados ignorassem em geral tensões no Oriente Médio que ainda não tiveram impactos sobre a oferta.

O petróleo Brent subia 0,67 dólar, ou 1,06%, a 63,95 dólares por barril, às 9:46 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,58 dólar, ou 0,97%, a 60,28 dólares por barril.

Ambos os contratos têm operado em intervalo limitado, tendo variado menos de 1% nas últimas quatro sessões.

As importações de petróleo pela China saltaram 21% em março frente a uma base de comparação fraca no ano passado, com refinarias aumentando o ritmo das operações.

A Opep nesta terça-feira elevou previsão para o crescimento da demanda global por petróleo em 2021 em 70 mil barris por dia (bpd), para 5,95 milhões de bpd.

Os preços também tiveram apoio de expectativas de queda nos estoques de petróleo nos EUA, que poderiam configurar a terceira semana consecutiva de baixa, enquanto estoques de gasolina tenham provavelmente aumentado, segundo pesquisa preliminar da Reuters na segunda-feira.

Por outro lado, o movimento Houthi do Iêmen, alinhado ao Irã, disse na segunda-feira que realizou ataques com 17 drones e dois mísseis balísticos contra alvos na Arábia Saudita, incluindo instalações da petroleira Saudi Aramco em Jubail e Jeddah.

“O aumento na tensão geopolítica só terá um impacto altista visível nos preços se vier junto com impactos reais sobre a oferta física”, disseram analistas da corretora PVM em nota.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Produção de petróleo do Brasil avança 13,6% em abril na comparação anual, diz ANP

A produção de petróleo no Brasil em abril somou 2,958 milhões de barris por dia, com alta de 13,6% ante mesmo mês do ano anterior.

Fecombustíveis solicita ao Ministério da Justiça aprimoramento e prorrogação do Decreto 10.634

A Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) realizou, ontem (09/03), uma reunião com a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça e Segurança Pública para tratar do Decreto 10.634.

Preço do diesel aumenta 16,8% em 2021

Em média, o preço do diesel subiu 16,8% em 2021 nas bombas do Brasil. O número leva em conta os preços no primeiro trimestre. E faz a comparação com o mesmo período de 2020. Segundo levantamento feito pela Ticket Log.