© Reuters. (Blank Headline Received)

Os preços do petróleo subiam nesta terça-feira, com o barril do Brent, referência global, ultrapassando os 69 dólares à medida que investidores focavam em perspectivas de aperto na oferta devido à prorrogação de cortes de oferta da Opep+ e em meio a esperanças de recuperação na demanda.

O petróleo atingiu o maior nível desde o início da pandemia na segunda-feira, após forças Houthi do Iêmen terem atacado com drones e mísseis instalações sauditas de petróleo no domingo. Mas os preços recuaram após a Arábia Saudita afirmar que o ataque foi frustrado, o que aliviou preocupações.

O petróleo Brent subia 0,98 dólar, ou 1,44%, a 69,22 dólares por barril, às 8:58 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,84 dólar, ou 1,29%, a 65,89 dólares por barril.

Mais cedo nesta terça-feira, o Brent chegou a negociar a 67,61 dólares.

“As quedas foram vistas no final como oportunidades de compra”, disse Tamas Varga, da corretora PVM. “A reunião da Opep+ da última semana garantirá que o balanço global de oferta ficará mais apertado em um futuro visível.”

Na segunda-feira, o Brent subiu para 71,38 dólares, maior nível desde 8 de janeiro de 2020, enquanto o petróleo nos EUA atingiu 67,98 dólares, maior valor desde outubro de 2018.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

CNPE publica resolução sobre monitoramento da oferta de combustíveis

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) publicou uma resolução estabelecendo as…

Petrobras aumenta em 3% a gasolina e em 4% o diesel nas refinarias

Segundo uma fonte, o aumento é de R$ 0,0518 para o litro da gasolina e de R$ 0,0749 para o diesel

Gasolina já subiu 13% nas refinarias em 2021 e deve ficar ainda mais cara

Ainda é fevereiro, mas a Petrobras já anunciou dois aumentos para a gasolina e um para o diesel em 2021.

Opep+ aumentará produção de petróleo menos do que o previsto em janeiro

Integrantes da organização e aliados decidiram limitar a 500 mil barris diários o aumento da produção em janeiro, em vez dos 2 milhões previstos inicialmente.