Somando petróleo e gás, o país produziu em abril 3,8 milhões de barris de óleo equivalente, alta de 4,5% ante março e crescimento de 1,7% em relação a abril do ano passado (Imagem: REUTERS/Bruno Domingos)

A produção média de petróleo do Brasil cresceu 4,6% em abril ante o mês anterior, para 2,97 milhões de barris por dia (bpd), na segunda alta mensal consecutiva, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com avanço da Petrobras (PETR4) e da Shell.

Na comparação com abril de 2020, houve alta de 0,5%.

Somando petróleo e gás, o país produziu em abril 3,8 milhões de barris de óleo equivalente, alta de 4,5% ante março e crescimento de 1,7% em relação a abril do ano passado.

A Petrobras, como concessionária, produziu em abril 2,2 milhões de bpd, alta de 4,4% ante março e de avanço de 0,4% ante o mesmo mês de 2020.

Já a anglo-holandesa Shell, maior produtora privada no Brasil e principal sócia da Petrobras em campos em produção no pré-sal, produziu em abril 370.788 bpd, alta de 6,3% ante o mês anterior e queda de 3% versus abril de 2020.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Cana/Unica: Produção de etanol em 2019/20 deve ser recorde de 33,1 bi de litros

O Centro-Sul do Brasil deve produzir um volume recorde de etanol na…

China começa a retomar compras em mercado global de petróleo

A recuperação do mercado global de petróleo em meio à pandemia de Covid-19 era…

Preços dos combustíveis têm alta no início de janeiro, diz ANP

Valor médio da gasolina por litro para o consumidor subiu 0,07%, para R$ 4,558, na semana encerrada em 4 de janeiro. Foi o décimo aumento seguido.

Os Futuros do Petróleo caíram durante a sessão dos Estados Unidos

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em Junho foram negociados na entrega a US$ 64,77 por barril no momento da escrita, caindo 0,20%.