Devido aos efeitos da pandemia, 34 campos permaneceram com suas respectivas produções temporariamente interrompidas durante o mês de novembro – Foto: Marcelo Sayão

A produção de petróleo no Brasil caiu 4,1% em novembro ante o mês anterior, para 2,755 milhões de barris por dia (bpd), em seu terceiro recuo mensal consecutivo, em meio a paradas programadas e necessidades operacionais, apontou a reguladora do setor ANP nesta segunda-feira.

Já na comparação com novembro de 2019, houve um recuo de 10,9% na produção de petróleo.

A produção brasileira de gás natural também apresentou recuos em novembro, de 2,8% em relação a outubro e de 7,5% ante o mesmo mês de 2019, para 126 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d).

Somando a produção de petróleo e gás, o Brasil produziu 3,55 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d) em novembro, uma queda de 3,8% ante outubro e um recuo de 10% ante o mesmo mês de 2019.

“A redução na produção total de petróleo e gás em novembro foi motivada, principalmente, por paradas programadas e/ou causadas por necessidades operacionais de plataformas localizadas nos campos de Búzios, Tupi (localizados na Bacia de Santos, no polígono do Pré-sal), Albacora (Bacia de Campos) e Atlanta (Bacia de Santos)”, disse a ANP em nota.

Devido aos efeitos da pandemia, 34 campos permaneceram com suas respectivas produções temporariamente interrompidas durante o mês de novembro, sendo 17 marítimos e 17 terrestres, segundo a ANP.

Da produção total, 2,422 milhões de boe/d foram produzidos no pré-sal em novembro, sendo 1,92 milhão de bpd de petróleo e 79,808 milhões de m³/d de gás. No total, houve redução de 4,4% em relação ao mês anterior e de 6,4% em relação a novembro de 2019.

A Petrobras (PETR4), principal produtora brasileira, como concessionária, produziu 2,005 milhões de bpd em novembro, queda de 5,78% na comparação com outubro.

Já a Shell, segunda maior produtora do país, alcançou uma produção de 344,899 mil bpd de petróleo em novembro, alta de 1,4% na mesma comparação

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Resumo Semanal Combustíveis 13/Nov/2020

Confira as principais informações e tendências da semana sobre o mercado de combustíveis no Brasil.

Preço da Gasolina: Refit vai ao CADE contra RAÍZEN

Em meio à guerra aberta entre o presidente Jair Bolsonaro, governadores e Petrobras pelo…

Rússia se prepara para era após pico de combustíveis fósseis

O Ministério das Finanças do maior exportador de energia do mundo começa…