Cerca de 23 bilhões de litros em produção de etanol foram perdidos em 2020 (Imagem: REUTERS/Pascal Rossignol)

A produção global de etanol deve ser 20% menor este ano, à medida que o mercado atravessa a crise gerada pela Covid-19, enquanto a retomada da produção aos níveis pré-pandemia não deve se concretizar até 2022, disse um diretor do Conselho de Grãos dos EUA nesta terça-feira.

Cerca de 23 bilhões de litros em produção de etanol foram perdidos em 2020, com o fechamento de mais de 250 usinas de etanol em todo o mundo, disse Brian D. Healy, diretor de desenvolvimento de mercado global de etanol do Conselho de Grãos dos EUA na conferência virtual Platts APPEC 2020.

A produção de etanol nos EUA, no entanto, já está quase recuperada do pior da pandemia e está atualmente 10% menor em comparação com os níveis de 16 de agosto de 2019, acrescentou Healy.

Depois de 2020, a implementação de políticas continuará sendo um fator chave para a demanda por etanol, disse Healy, ao apontar que alguns mercados que anunciaram expansões significativas em suas políticas de uso de etanol nos últimos dois anos começaram com atraso a implementação dos programas.

Fonte: Money Times

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Venda de combustível deve voltar em 2022 a nível pré-pandemia

Impulsionadas pelo setor agropecuário, as vendas de óleo diesel vêm mantendo a trajetória de crescimento no Brasil, mesmo em meio à pandemia de covid-19. Segundo projeções da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), porém, o consumo de combustíveis, como um todo, deve continuar abaixo dos níveis pré-pandemia ao longo de 2021, no país. A expectativa é que os volumes do mercado nacional só se aproximem dos patamares de 2019 no ano que vem.

Preço da gasolina sobe 45% nos últimos 12 meses e rende memes na internet

Abastecer o tanque de combustível do carro tem sido uma missão dura para muitos brasileiros. É que os preços médios da gasolina e do etanol tiveram altas consideráveis nos últimos 12 meses. O combustível fóssil, por exemplo, subiu 44,77% em um ano, enquanto o de origem vegetal ficou 50,40% mais caro no período. Com isso, surgiram vários memes, como o que mostra que a gasolina e a cerveja têm o mesmo preço e pergunta: “Vc vai ter que decidir. Quem bebe? Você ou o carro? (sic)”.

Governo encaminha ao Congresso projeto que altera a cobrança de ICMS sobre combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou nesta sexta-feira ao Congresso uma proposta que altera a cobrança do ICMS sobre combustíveis.