Resumo Combustíveis 10/07/2018

O preço do óleo diesel parou de cair no país, segundo mostra a pesquisa semanal de preços dos combustíveis divulgada na sexta (6) pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis).

Na semana passada, o litro do combustível foi vendido, em média no país, a R$ 3,384, praticamente estável em relação aos R$ 3,389 por litro verificados pela agência na semana anterior.
O valor é R$ 0,211 inferior ao verificado antes da greve dos caminhoneiros e R$ 0,404 menor do que o vigente na primeira semana de paralisação.

Em acordo com a categoria, o governo Temer se comprometeu com queda de R$ 0,46 por litro nas bombas. Para isso, concedeu subsídio de R$ 0,30 aos produtores e cortou de R$ 0,16 em impostos, ao custo total de R$ 13,6 bilhões.

A partir do dia 1º de julho, 13 estados passaram a cobrar menos ICMS sobre o diesel, como reflexo da queda do preço nas bombas nas semanas anteriores. Em alguns deles, porém, a ANP ainda não detectou repasse ao consumidor da redução na carga tributária.

No Distrito Federal, por exemplo, o preço do diesel subiu 0,68% na última semana, para R$ 3,538 por litro. No dia 1º, o estado reduziu o preço de referência para a cobrança de ICMS de R$ 3,688 para R$ 3,562.

O ICMS dos combustíveis é calculado com base em preços de referência definido quinzenalmente pelos estados, sobre o qual incidem alíquotas que variam por combustível e por estado.

Denúncias de postos sobre a falta de repasses levaram a Secretaria Nacional do Consumidor a notificar no fim de junho sete distribuidoras de combustíveis, solicitando esclarecimento sobre seus preços.

A consultoria especializada em análise de mercado Triad, porém, questiona os dados da ANP e diz que, em sua pesquisa, os preços já atingiram, no fim de junho, queda de R$ 0,42 por litro —considerado pelas distribuidoras o maior repasse possível antes de cortes no ICMS.

A pesquisa da ANP apontou que o preço da gasolina também ficou estável na última semana, em R$ 4,495 por litro, na média nacional. Já o preço do etanol hidratado caiu de R$ 2,881 para R$ 2,833 por litro.

 Fonte: Folha de São Paulo

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Venda direta do etanol não traz benefício ao consumidor, diz presidente da Unica

Após a aprovação das diretrizes do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE)…

Opep+ faz corte histórico de 10 milhões de barris na produção, mas decepciona; Petrobras cai 3%

Sessão foi de forte volatilidade para o mercado de petróleo e para a Petrobras em meio às notícias sobre a reunião dos países produtores

Diesel segue em alta nos postos, e gasolina cai pela 2ª semana

Levantamento da ANP apontou aumento de 0,24% em média nas cotações do diesel; na gasolina, os preços tiveram leve recuo, de 0,02%

Opep apoiará corte adicional de produção de 1,5 mi bpd se tiver adesão da Rússia

VIENA (Reuters) – A Opep chegou a um acordo nesta quinta-feira para…