Resumo Semanal Combustíveis 12/Mar/2021

Confira todas as principais informações da semana sobre o mercado de combustíveis no Brasil.

DIESEL: Petrobras sobe diesel nas refinarias….

Iniciamos a semana com mais um aumento do preço do diesel nas refinarias.

A Petrobrás reajuste o diesel A em R$ 0,1487/L, o que representa uma alta de 5,5%.

Analisando a paridade no dia do anúncio do aumento (08/03, existia espaço para tal. A diferença do diesel nacional para o importado estava em R$ 0,30/L.

No dia de hoje a paridade segundo nosso modelo de tendência, o diesel nacional está cerca de 2,5% abaixo do diesel importado. Portanto o cenário aponta para uma estabilidade.

GASOLINA:  Gasolina também sofre reajuste….

O reajuste da gasolina foi mais pesado, a Petrobrás reajustou o produto nas refinarias em 8,8%, que gerou um impacto de R$ 0,2342/L.

No dia do anúncio da reajustes (08/03), a gasolina nacional estava cerca de R$ 0,50/l, abaixo da gasolina comercializada no Golfo.

No cenário de hoje, a defasagem ainda continua alta. Segundo nosso modelo de tendência, a gasolina nacional está cerca de R$ 0,37/L abaixo da gasolina importada, existindo espaço para possíveis aumentos.

ETANOL: Etanol fecha semana em estabilidade….

Segundo o índice ESALQ, etanol fecha a semana em estabilidade, cotado a R$ 2,9059/L, queda de 0,04% em relação à semana anterior, o que representa uma queda de R$ 0,0012/L.

Murilo Barco – Valêncio Consultoria

Tendência de Reajuste Diesel e Gasolina 08/12/21

Os preços dos combustíveis não sofreram reajuste em 08/12 nas refinarias. O preço médio da Gasolina será comercializado a...

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em janeiro foram negociados na entrega a US$ 72,02 por barril no momento da escrita, subindo 3,64%.

EUA devem anunciar ajuda de US$ 700 mi para setor de biocombustível

O governo Biden deve anunciar 700 milhões de dólares em auxílios relacionados à pandemia de Covid-19 para a indústria de biocombustíveis dos EUA nesta terça-feira, combinando o anúncio com novos mandatos de biocombustíveis que provavelmente desapontarão a indústria, de acordo com duas fontes com conhecimento do anúncio.