Resumo Semanal Combustíveis 17/Jan/2020

Iniciamos a semana com alterações nos preços de refinaria para o diesel e para a Gasolina, ocorrida no dia 14/01. A queda foi em média a nível Brasil de 3%.

O impacto não foi linear para as bases de distribuição do pais, na gasolina por exemplo, tivemos a menor queda registrada em Canoas/RS, com uma queda de R$ 0,0139/L e a maior queda em Fortaleza/CE, de R$ 0,0838/L, isso já sendo o impacto final para os postos considerando a mistura de 27% de etanol anidro.

Já para o diesel o menor impacto foi nas principais bases de suprimentos do sudeste e sul do pais e maior queda foi registrada nas duas principais bases do estado do Espirito Santo.

Dia 16/01 tivemos alteração no PMPF….

Etanol continua em alta nas usinas…

DIESEL: Preço do diesel sofre queda no dia 14/01 nas refinarias do país, onde a maior queda foi registrada para o S10 nas duas bases do estado do Esíirito Santo, sendo uma queda de R$ 0,1558/L, já considerando a mistura de biodiesel.

Mesmo com a queda recente, nossos modelos de tendências, continua apontando para um viés de queda nas refinarias, devido a paridade. Portanto recomendamos a manutenção dos estoques regulares.

GASOLINA:  Gasolina também cai nas refinarias, fato que não ocorria quase 2 meses….

Enquanto isso o etanol anidro, responsável por 27% da mistura da gasolina comercializada no país, continua em alta nas usinas.

ETANOL: Etanol estabiliza na semana nas usinas…..

Desde setembro/19 o etanol não para de subir, segundo o índice CEPEA/ESALQ.

Porém no acumulado diário da semana, o preço do etanol está se estabilizando, e esperamos que a semana feche com o índice semanal estável.

Acesse nosso site: www.valencioconsultoria.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Petróleo fecha em baixa, com dólar forte após dados dos EUA e Irã no radar

Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda, nesta sexta-feira, 12. A commodity chegou a subir logo no início do dia, mas não mostrou fôlego, com o movimento negativo reforçado após indicadores dos Estados Unidos fortalecerem o dólar. Além disso, a possibilidade de acordo nuclear com o Irã seguia no radar, com potencial para aumentar a oferta do óleo.

Petróleo encaminha ganhos acima de 3%, assegurando melhor marca das últimas três semanas

O preço do petróleo opera em queda nos momentos finais do pregão desta sexta-feira (12), com mercados menos preocupados com interrupções de fornecimento no Golfo do México e potencial de maior oferta vindo do Irã.

Os preços do petróleo caem à medida que as preocupações com a demanda persistem

Os preços do petróleo caíram na manhã de sexta-feira, apagando alguns ganhos, já que os traders continuam cautelosos em comprar o petróleo novamente.