DIESEL:

Diesel sobe 4% nas refinarias….

A Petrobrás anunciou na terça um aumento no preço do diesel, com vigência para o dia 16/12. Gerando um aumento na refinaria de R$ 0,0749/L.

Esse aumento já estava previsto dentro do nosso modelo de tendência, visto que o diesel nacional na data do anúncio da Petrobras, estava sendo comercializado cerca de 6,5 % abaixo do produto comercializado no mercado nacional.

Mesmo com o aumento, o produto nacional continua abaixo da paridade cerca 4,25%, isso mostra que ainda existe espaço para novos aumentos.

GASOLINA:

Gasolina também aumenta…..

Seguindo o caminho do diesel, gasolina aumenta 3% nas refinarias do país, gerando um impacto de R$ 0,0518/L.

Esse aumento também estava previsto no nosso modelo de tendência, onde na data do anúncio a gasolina nacional estava sendo comercializada 7% abaixo da gasolina comercializada no Golfo.

Na data de hoje a gasolina nacional está abaixo do cálculo de paridade cerca de 7,65%, isso mostra que também existe espaço para aumento nas refinarias.

ETANOL:

Etanol continua em queda nas usinas…

Etanol continua caindo nas usinas, porém com o aumento da gasolina nas refinarias, existe uma tendência do biocombustível seguir o mesmo caminho.

Segundo o índice ESALQ, etanol fecha a semana em queda, cotado a R$ 2,0380/L, baixa de 0,64% em relação à semana anterior, o que representa uma queda de R$ 0,0132/L.

PMPF:

base de cálculo do ICMS aumenta nos estados…

A base de cálculo do ICMS, o famoso PMPF sofreu alteração para cima na maioria dos estados, e na maioria dos produtos. Causando impacto diretamente no preço de compra da gasolina, diesel e etanol. E o aumento ocorreu justamente na data em que a Petrobrás aumentou o preço do diesel e da gasolina nas refinarias. Impactando diretamente no custo para os postos e clientes consumidores finais.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR