Resumo Semanal Combustíveis

Confira todas as principais informações da semana sobre o mercado de combustíveis no Brasil.

DIESEL.: Diesel fecha semana sem alterações…

Fechamos a semana sem alteração no preço do diesel nas refinarias.

Apesar de existir espaço, segundo nosso modelo de tendência. Hoje a diferença do diesel nacional para o diesel importado é de cerca de 8,5%, isso mostra que tecnicamente, existe espaço para uma queda.

Portanto nesse momento é recomendável manter estoques regulares.

GASOLINA:  Gasolina cai pela primeira vez no ano….

Pela primeira vez no ano de 2021, Petrobrás aplica queda de 5% no custo da gasolina A.

O impacto nas refinarias será de R$ 0,1420/L, e entra em vigor a partir de 20/03. Esse movimento gera um alívio para o consumidor e postos. E esse movimento só ocorreu pois tivemos uma queda significativa no barril do petróleo e uma queda no dólar, onde a combinação dos dois fatores, ajudou no movimento.

ETANOL: Etanol desaba nas usinas….

Ao longo da semana, vimos o preço do etanol no acompanhamento diário do índice Esalq, despencar mais de R$ 0,20/L, e esse movimento como a chegar as distribuidoras. Então nos próximos dias poderemos ver o preço cair nos postos. 

Segundo o índice ESALQ, etanol fecha a semana em queda, cotado a R$ 2,7414/L, queda de 5,66% em relação à semana anterior, o que representa uma queda de R$ 0,1645/L.

Tendência de Reajuste Diesel e Gasolina 08/12/21

Os preços dos combustíveis não sofreram reajuste em 08/12 nas refinarias. O preço médio da Gasolina será comercializado a...

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em janeiro foram negociados na entrega a US$ 72,02 por barril no momento da escrita, subindo 3,64%.

EUA devem anunciar ajuda de US$ 700 mi para setor de biocombustível

O governo Biden deve anunciar 700 milhões de dólares em auxílios relacionados à pandemia de Covid-19 para a indústria de biocombustíveis dos EUA nesta terça-feira, combinando o anúncio com novos mandatos de biocombustíveis que provavelmente desapontarão a indústria, de acordo com duas fontes com conhecimento do anúncio.