Notícias da Semana

DIESEL: Diesel sofre aumento nas refinarias…

Petrobras reajusta preço do diesel nas refinarias em 2%, o impactará em um aumento de R$ 0,0366/L.

Esse impacto já era esperado segundo nosso modelo de tendência, pois o diesel nacional está no limite do cálculo da paridade, com leve viés de aumento. 

Após o reajuste de 2%, o diesel nacional está 5% acima do cálculo de paridade do produto importado. Seguindo nosso modelo de tendência, o preço do diesel deve se manter estável nas refinarias, para os próximos dias.

GASOLINA:  Gasolina também sofre aumento….

O preço da gasolina comercializada no Brasil no dia do aumento, estava 8,25% abaixo do preço do produto importado, o que segundo nosso modelo de tendência, viabilizaria um reajuste. Fato esse que ocorreu, e gerou um reajuste de 4% nas refinarias, o que representa um aumento de R$ 0,0662/L.

Segundo nosso modelo de tendência, mesmo com o aumento sofrido nas refinarias a gasolina nacional segue abaixo do cálculo da paridade em aproximadamente 3,4%. Nesse momento recomendamos a manutenção dos estoques cheios, pois ainda existe espaço para aumento no preço da gasolina nas refinarias. 

ETANOL: Etanol começa a cair nas usinas…

Etanol fecha a semana em queda de 0,73%, cotado a R$ 1,6613/L, segundo o índice ESALQ. Isso representa uma queda de R$ 0,0122/L, em comparação à semana anterior.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR