SÃO PAULO — A estatal de petróleo Saudi Aramco levantou US$ 25,6 bilhões no maior IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) da história. Ao todo, foram vendidas três bilhões de ações, o que corresponde a 1,5% do capital da empresa.

O preço estabelecido para os papéis foi de 32 rials (US$ 8,53) — o topo do preço definido no prospecto da oferta. Com isso, o valor de mercado da Saudi Aramco após a operação passou a ser de US$ 1,7 trilhão, ainda abaixo dos US$ 2 trilhões estimados pelo príncipe saudita Mohammed bin Salman.

Construção da planta de Fadhili da Saudi Aramco (Divulgação/Saudi Aramco)

O valor levantado pela Saudi Aramco no IPO superou os US$ 25 bilhões atingidos pela oferta de ações da gigante chinesa de comércio eletrônico Alibaba, em 2014, até então recorde histórico.

A Saudi Aramco é uma gigante que produz mais de 10 milhões de barris de petróleo por dia, ou cerca de 10% da demanda global, por isso seu IPO era tão esperado por investidores do mundo inteiro.

A companhia teve lucro de US$ 68 bilhões em 2019 até o final de setembro. No entanto, com os ataques às instalações de refino da empresa naquele mês, o lucro caiu cerca de 30% no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2018, para US$ 21,2 bilhões. O recuo foi maior que a queda de 17% nos preços de petróleo no mesmo período.

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VOCÊ PODE GOSTAR

Venda de gasolina e combustível via aplicativo é ilegal, diz ANP

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) convocou a…

Petrobras aumenta em 4% gás de cozinha para residências

Após alta, botijão de 13 quilos passa a ter o mesmo preço do gás vendido para indústrias