imagem: Adobe Stock

SÃO PAULO (Reuters) – A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) afirmou nesta terça-feira que as distribuidoras de combustíveis que questionam na Justiça as metas de créditos de descarbonização (CBios) para 2020 “querem autorização para poluir mais”.

Na véspera, a Associação das Distribuidoras de Combustíveis (Brasilcom) informou que obteve liminar na Justiça Federal para que as empresas associadas possam cumprir apenas 50% das metas atuais de compras de CBios neste ano, ou 25% dos objetivos originais que foram revisados pela metade por conta da pandemia.

A Unica disse que já acionou departamento jurídico para providências visando o cumprimento de metas de créditos de descarbonização questionadas por distribuidoras.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preços do petróleo têm rali em meio à aceleração de cortes de bombeamento

Os preços do petróleo voltaram a subir nesta quinta-feira, ampliando a recuperação depois de grandes países produtores da commodity afirmarem que vão acelerar os cortes.

Petróleo fecha em baixa, com aumento da produção e receio por avanço da covid

Os contratos futuros de petróleo fecharam em baixa nesta quinta-feira, 19, com…

Preços do Petróleo à Mercê do Resultado Eleitoral nos EUA; Entenda Por Quê

Publicado originalmente em inglês em 22/10/2020 Há quatro meses, o mercado de…