O resultado indica ainda avanço de 7,2% em relação ao mês anterior (Imagem: Reuters/Sergio Moraes)

O consumo de combustíveis pela frota de veículos leves do Brasil registrou em setembro a menor retração mensal na comparação com 2019 desde o início da pandemia de coronavírus, disse nesta quarta-feira a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Segundo dados preliminares da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilados pela entidade sucroalcooleira, o consumo de combustíveis do ciclo Otto (gasolina e etanol) atingiu 4,32 bilhões de litros no mês passado, queda de 1,9% na comparação com igual período do ano anterior.

O resultado indica ainda avanço de 7,2% em relação ao mês anterior, disse a Unica, que vê uma “significativa recuperação nas vendas de combustíveis desde o início das medidas de isolamento social” relacionadas à pandemia.

As vendas de gasolina C (com mistura de etanol anidro) tiveram aumento de 1,2% no ano a ano e de 6,6% ante agosto, uma “forte retomada”, destacou a entidade. Já o consumo de etanol hidratado registrou avanço de 8,7% frente a agosto, atingindo 1,7 bilhão de litros.

No acumulado deste ano, porém, a comercialização do ciclo Otto continua abaixo da verificada na mesma etapa de 2019, com quedas de 16% para o etanol e 9,1% para a gasolina.

“Mesmo com a recuperação da demanda no mês de setembro, a queda acumulada ao longo do ano ainda é significativa. O setor continua com estoques superiores aos registrados no mesmo período da safra passada, o que garante uma oferta adequada e o pleno abastecimento da demanda”, disse em nota o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.

As vendas de etanol somaram 13,74 bilhões de litros nos nove primeiros meses de 2020, o que a Unica destacou como “a segunda maior demanda de hidratado na série histórica para o período de janeiro a setembro” mesmo diante do choque representado pela pandemia. O consumo de gasolina totaliza 25,49 bilhões de litros no período.

Diesel

Combustível mais utilizado no Brasil, o diesel registrou comercialização de 5,24 bilhões de litros em setembro, alta de 7,1% ante mesmo mês do ano passado, ainda segundo os dados da ANP compilados pela Unica.

“A retomada das vendas de combustíveis também pode ser observada no consumo de diesel”, acrescentou a entidade, afirmando que no acumulado de 2020 o diesel totaliza 42,3 bilhões de litros, “volume apenas 1,0% inferior às vendas do mesmo período do ano passado”.

Fonte: Reuters

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e recebe nossas notícias da semana.

VOCÊ PODE GOSTAR

Preço do biodiesel cai 8% em retomada do 75º leilão

Cerca de 1,7 bilhão de litros de biodiesel foram negociados ao preço médio de…

Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados Unidos

Investing.com – Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão dos Estados…

Preços caem com mercado de ações dos EUA em baixa e indecisão da Opep+

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo se afastaram de máximas…